Páginas

INQUIETO

"Mas sigo o meu trilho. Falo o que sinto e sinto muito o que falo - pois morro sempre que calo." (Affonso Romano de Sant'Anna_Que País é Este?)

quarta-feira, 6 de setembro de 2006

Senhor de si

*Poesia de Anderson Moço

Minha derradeira história
eu mesmo contoMinha derradeira memória
eu mesmo monto
Quanto sorri ou chorei
só eu lembro
Quanto amei ou deixei de amar
só eu que sinto a saudade
Se choro ou jogo fora
Se amo ou mando embora
Sou eu o senhor de minha história
Sou eu o senhor de minhas memórias

2 comentários:

  1. Dê, muito bom. Mas não vou elogiar muito por que vc já se acha para c...

    ResponderExcluir
  2. Porra Dê, foi o Moreno que escreveu isso, não é possível que vc não percebeu!!!!
    abraço

    ResponderExcluir