Páginas

INQUIETO

"Mas sigo o meu trilho. Falo o que sinto e sinto muito o que falo - pois morro sempre que calo." (Affonso Romano de Sant'Anna_Que País é Este?)

sexta-feira, 30 de março de 2007

Por trás destes olhos_D.A.Do.Fleming

O que passa atrás de teus olhos
que não sejam seus imbróglios?
Há algo inusitado em teu jeito
já tem dias sem levantar do leito.

As força usadas para se mexer na cama
esgotaram com as tentativas de quem ama
pra tentar solucionar um infidável drama
de quem vive na morte por que clama

Talvez, se não tivesse tanta altivez,
não perceberia a miséria que o assola
Seus pensamentos arrastam de uma vez
a alegria concedia a ele como esmola

Todos os dias há ofertas de créditos,
mas, não lhe emprestam a coragem
necessária pra lhe sustentar os débitos
que lhe meteram nessa fuleragem

quarta-feira, 21 de março de 2007

Contígua

Eu queria ter tido aquela noite
contigo,
mas nós vacilamos ao sairmos
do bar
Eu sei que faria um desgosto
a um amigo,
mas nos daria um prazer
descabido
se nos fizesse
gozar
sem parar
As pornografias que trocamos
no ouvido
nos realizariam num só farto
estalar
Eu tô na vontade de correr
perigo
E te fazer delirar,
devagar.

quinta-feira, 1 de março de 2007

NICOTINA

Um disparate parte meu senso
Povoa, como o ar, em consenso
Transita pela massa a toda hora
e é a insistência que vigora

Tamanha necessidade isso nos causa
E só pensamos em dar uma pausa
Os artifícios usados para te lembrar
são os malefícios fartos de tragar

Traga tua tenacidade a tona
E finja não ver seu algoz
Pois, quanto o vê, ele retorna

A sua vontade o mói como nozes
e torna-se sua grande matrona
pra calar a ferocidade de suas vozes.