Páginas

INQUIETO

"Mas sigo o meu trilho. Falo o que sinto e sinto muito o que falo - pois morro sempre que calo." (Affonso Romano de Sant'Anna_Que País é Este?)

domingo, 11 de novembro de 2007

Transtorno da Bagunça Particular

Primeiro Lugar/ Categoria 19-55 anos
VI Concurso Municipal de Poesias Tereza Mª V. C. de Faria
Interpretada por Selma Mixttura
Poços de Caldas - Minas Gerais - 11 de nov de 2008
........

Saiba: as confusões que fiz
foram profundas do tronco à raiz.
Se duvida do que diz minha boca,
saiba que é doida, insana e louca!

E da loucura entendo bem,
entre doidos sei quem é quem.
Já você traz a sanidade pura,
a mais forte forma de loucura.

Toda essa confusão
não chega à explicação.
Pois entender é deixar morrer
o estimulante que nos faz Ser.

Eu sou confuso dentro do normal,
eu sou normal nessa confusão.
Sou o feliz mais triste na lida,
eu sou o triste mais feliz da vida.

Um comentário:

  1. Creio que para se viver temos que entender das mortes cotidianas. Você sabe morrer todos os dias! Aplaudo. beijo

    ResponderExcluir