Páginas

INQUIETO

"Mas sigo o meu trilho. Falo o que sinto e sinto muito o que falo - pois morro sempre que calo." (Affonso Romano de Sant'Anna_Que País é Este?)

domingo, 3 de agosto de 2008

Fascínio

O seu jeito de falar me encanta
dá descanso longo à minha garganta.
Os meus olhos bailam em sua saia
e não ousam avistar as suas falhas.

Sua ousadia me paralisa
e o piloto automático me mobiliza,
isso contraria a natureza
de ser a dialética minha proeza.

Me leve contigo pro seu lar,
pois, quando do seu lado me fixar,
voltarei a expor meu raciocínio.

Não terei vergonha de anunciar
minha vontade de ser seu par
pra lhe dar muito mais que meu fascínio.

6 comentários:

  1. Ei! Boas notícias, hein? Você vai gostar muito da vida por aqui... O CD com a poema da batalha já está sendo prensado... em breve sairá finalmente. Aí vc ganha uma copia! Beijocas

    ResponderExcluir
  2. bonito, vc não tem idéia da falta q faz na minha vida...te queria mais perto.
    amo sempre, Lucilara

    ResponderExcluir
  3. Maravilhoso... mas desta vez, queria deixar um elogio especial à fotografia... ela sim me causou fascínio e surpriu qualquer tentativa de raciocínio...

    Ah, avisando, o blog agora é "http://palavrasetceteras.blogspot.com"

    ResponderExcluir
  4. "de ser a dialética minha proeza"

    é verdade, ouvir vc dá tesão, barato, alegria, ira, vontade de ver o mundo de outro jeito, é música...encantamento.

    um dia espero q vc volte a ser meu amigo. hoje, frustrada, compreendo a necessária distância.

    bela a poesia. um bjo. Mô.

    ResponderExcluir
  5. ela deve ter gostado :o)

    beijos saudosos,

    MM.

    ResponderExcluir