Páginas

INQUIETO

"Mas sigo o meu trilho. Falo o que sinto e sinto muito o que falo - pois morro sempre que calo." (Affonso Romano de Sant'Anna_Que País é Este?)

quinta-feira, 17 de abril de 2008

Ladrão de emoção

Roubei tuas lágrimas
E fiz delas minhas
Roubei teu sofrimento
E fiz dele cimento
Roubei tua tristeza
E fiz dela certeza
Roubei tua indecisão
E fiz dela cisão
Roubei teu amor
E fiz dele clamor
Roubei tua paixão
E fiz dela meu chão
Roubei tua alegria
E fiz dela alergia
Roubei tua energia
Roubei também teu sorriso
E fiz de improviso
Assim, minha sinergia

4 comentários:

  1. Preste atenção, o mundo é um moinho
    Vai triturar teus sonhos tão mesquinhos
    Vai reduzir as ilusões à pó.
    (Cartola)

    ResponderExcluir
  2. malandro, onde que tu tá? Sumiste?
    Apareça, mesmo que virtualmente, seu raparigo.
    ABRAZZZZZZZZZZZ
    beijos

    ResponderExcluir
  3. necessario verificar:)

    ResponderExcluir