Páginas

INQUIETO

"Mas sigo o meu trilho. Falo o que sinto e sinto muito o que falo - pois morro sempre que calo." (Affonso Romano de Sant'Anna_Que País é Este?)

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Castelo de Areia


Forte mesmo
só debaixo do edredom,
onde destrono minha dor
e ninguém me vê chorar.

Paredes protegem meu castelo,
desfarelam como areia.
Há janelas gradeadas que me cegam,
portinholas que me trancam.

Na masmorra me consolo,
sinto-me o solo
de uma fortaleza
movediça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário