Páginas

INQUIETO

"Mas sigo o meu trilho. Falo o que sinto e sinto muito o que falo - pois morro sempre que calo." (Affonso Romano de Sant'Anna_Que País é Este?)
Mostrando postagens com marcador chuva. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador chuva. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 30 de dezembro de 2020

O nome da palavra



Só o tempo sabe o quanto estamos passados

Nem o vento 

Nem a chuva

Têm a mais puta ideia do quanto vivemos


A palavra proferida aos ares

Contém mais que seus significados

Carregam a vida

Vivida e renunciada


Nossas rugas e cicatrizes dizem tanto

Dos caminhos

Dos atalhos

Procurados na ânsia de nos encontrarmos


Uma frase tem espaços entre as letras

As lacunas do intentado

Onde moram pretensões

Por aventura aos nossos lados


Não há um só código

Não há um só dado

Há mais entre o silêncio e a fala

Que pensa nosso antepassado