Páginas

INQUIETO

"Mas sigo o meu trilho. Falo o que sinto e sinto muito o que falo - pois morro sempre que calo." (Affonso Romano de Sant'Anna_Que País é Este?)

sábado, 17 de outubro de 2009

ArreBenta


nade a onda
ainda que: 
no nó do nada
ande onde
ando, endo,

indo...
à dona da duna desnuda
de banda da bunda benta.

ArreBenta
o tombo bambo
dos bobos brancos.

A barba branca bacana
acaba bancando
os cabras macabros
nas brocas
e cobram abraços
nas sobras braçais.

Os brios dos brancos
não sobem descidas
sadias
nos dias
c
a
í
d
o
s.

BamBamBam
DinDinDin
DunDunDun

Encerra acenando
cilada ao sarro
rosado
s
a
i
n
d
o
açoitado
no laço acirrado
dos donos
dos sonhos
sensatos.

A tosse estimada
destoa a toada

ATOA

nas tuas
[caladas gargantas]

Nem come
Nem janta

Nem coca
Nem fanta

Só fuça o percalço
com pouco eficácia
das fases fincadas

Vaza zanzando
o nada em palavra
na lavra
do nada.

Acabado.



2 comentários: