Páginas

INQUIETO

"Mas sigo o meu trilho. Falo o que sinto e sinto muito o que falo - pois morro sempre que calo." (Affonso Romano de Sant'Anna_Que País é Este?)

terça-feira, 23 de janeiro de 2007

Na Sala Escura_D.A.Do.Fleming

Quando lhe peguei naquela sala escura, lhe ralei quando era pura. Foi pura adrenalina ter de esconder o que me faz sentir poder. Você disse que havia perigo, mas eu contava consigo, para nos satisfazer.
Se não fôssemos mais ágeis, secariam as paisagens. As reveladas nos retratos, que com todo o seu bom trato, surgiram magicamente.
A escuridão nos fez aguçar, as sensações que não usamos usar. E o tato de alguém que não vê, serve para antever toda a movimentação.
Se alguém entrasse na sala e visse o nosso desejo, sairia de lampejo e nos deixaria lá.
Lembro-me de quando lhe peguei naquela sala escura. Eu era desejo e você, candura.


2 comentários:

  1. noossa, essa ficou bacana.
    na sala escura hein! kkkk ;D
    bjs

    ResponderExcluir
  2. dado...tsiiii, pelo amor dos meus filhinhos....

    ResponderExcluir