Páginas

INQUIETO

"Mas sigo o meu trilho. Falo o que sinto e sinto muito o que falo - pois morro sempre que calo." (Affonso Romano de Sant'Anna_Que País é Este?)

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

Vamu Botá Pá Frente

Poesia de Daniel Fleming e Vilauba Herrera - www.resmungosnovos.blogspot.com


Vem_____Vista a sua peita,

Vai ______entre nessa barca

Vem _____e vamos pro churca.

Vai ______Vamu botá pá frente!

Vem_____________________

Vai ______Demente, indigente, tenente

Vem _____Vamu botá pá frente!

Vai______Quem faz a vida é a gente.

Vem_____ Faça de você, contente.

Vai______________________

Vem_____ Mude sua língua.

Vai______Invente novos motes.

Vem_____Vamu botá pá frente!

Vai______________________

Vem_____Invista na sua força.

Vai______Vamos catar a moça.

Vem_____Vamu botá pá frente!

3 comentários:

  1. Gosto da fotografia, mas, sobretudo, da estupenda sensaçãoque trazem estas palavras de estar à mercê da maré, indo e vindo com as ondas. Abraço e parabéns

    ResponderExcluir
  2. Maravilhoso, daniel... Muito bom mesmo.
    Seja feliz! Beijos

    ResponderExcluir
  3. gostei desse vai e vem, muito sugestivo e sensual...o verso 'vamos catar a moça' particulamente me agradou muito...
    Mudemos nossa língua, então.
    Me agradou muito mesmo...
    poesia pura.

    ResponderExcluir