Páginas

INQUIETO

"Mas sigo o meu trilho. Falo o que sinto e sinto muito o que falo - pois morro sempre que calo." (Affonso Romano de Sant'Anna_Que País é Este?)

quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Putos Potros

O padrão é o patrão dos potros
e regula os pentelhos dos escrotos.
Puta que pariu se essa porra me pega!
É uma doença brava que nos cega.

As patifarias ordenadas por um torto
querem corrigir os ossos do meu corpo.
Porém, essa intransigência só relega
o trabalho atribulado a que se entrega.

Estou, no meu despatrão, absorto
E não parto as partes deste porto,
nem do barco que, a ele, se apega.

Vamos padronizar o desimposto,
daí, o acaso será nosso encosto
e a desordem será nossa regra.

2 comentários:

  1. "e a desordem será nossa regra"...adorei isso...
    Você se importa em eu colocar um link do seu blog no meu? Abraços.
    Raphael Alves

    ResponderExcluir
  2. Cada vez mais a puta burguesia apodrece nessa porcaria...

    ResponderExcluir